Sub-categorias

Notícia

Dijsselbloem contra criação de super-ministro das finanças europeu

Antecessor de Mário Centeno quer que Eurogrupo continue a escolher o seu líder.
Por Lusa|07.12.17
  • partilhe
  • 1
  • +

O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, manifestou-se esta quinta-feira contra a proposta de um ministro europeu da Economia que acumule as funções de comissário e presidente do fórum de ministros da zona euro, para o qual Mário Centeno foi eleito.

"Acho que o Eurogrupo vai insistir em ter o seu próprio presidente. Acabámos de eleger Mário Centeno para os próximos dois anos e meio, e há um forte sentimento no Eurogrupo de que deve haver uma distinção entre o papel do grupo, que é um grupo de ministros, intergovernamental, e o papel da Comissão", comentou Dijsselbloem, perante a comissão de assuntos económicos do Parlamento Europeu, em Bruxelas.

Dijsselbloem reagia às propostas apresentadas na quarta-feira pela Comissão Europeia para o aprofundamento da União Económica e Monetária (UEM) e que contemplam, entre outras ideias, a criação do cargo de um ministro europeu da economia e finanças.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cm ao Minuto

pub