Europa registou 4000 casos de Peste Suína Africana

Estima-se que o vírus chegue a Portugal nos próximos anos.
05.07.18
A Peste Suína Africana (PSA), uma doença contagiosa que afeta javalis, que facilmente se transmite a porcos domésticos e que na maioria das vezes se revela fatal (em mais de 80% dos casos), tem vindo a alastrar-se ao continente Europeu com maior incidência nos últimos meses. Desde julho de 2017 já se registaram cerca de quatro mil casos em 11 países da Europa, entre os quais a Itália, a Estónia, a Ucrânia, a Rússia e a Húngria. A doença continua a propagar-se a grande velocidade, a mais de 200 km/ano.

Em comunicado, a Associação Nacional de Proprietários Rurais, Gestão Cinegética e Biodiversidade (ANPC)alerta para o perigo que a PSA constitui e avisa de que nos próximos anos o vírus pode mesmo chegar a Portugal, com consequências e efeitos "potencialmente catrastóficos, não apenas para os suinicultores, como também para o sector da caça, com milhões de euros de perda potencial para a economia nacional".

Uma vez que o maior propagador da doença são os javalis selvagens (espécie cujas populações em Portugal continuam com um crescimento descontrolado), a associação defende o incremento da gestão cinegética deste animal, de modo a concentrar esforços para evitar que a doença possa chegar a território nacional.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!