Ex-diretor de campanha de Trump declara-se culpado e vai colaborar com a justiça

Paul Manafort vai colaborar com a investigação à ingerência russa nas eleições de 2016.
Por Lusa|14.09.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O ex-diretor de campanha de Donald Trump, Paul Manafort, vai declarar-se culpado e colaborar com a investigação à ingerência russa nas eleições de 2016, segundo um acordo anunciado esta sexta-feira pela equipa do procurador especial Robert Mueller.

Manafort, 69 anos, foi considerado culpado de fraude bancária e fiscal em agosto, na Virgínia, aguardando o anúncio da pena que lhe vai ser aplicada.

Visado por um segundo julgamento, relativo a serviços de consultoria que prestou na Ucrânia, chegou neste caso a acordo com os serviços do procurador especial, contrariando a postura que adotou no último ano, de contestar as acusações que lhe foram feitas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!