Ex-guarda-redes da seleção francesa detido por violência doméstica

Polícia encontrou namorada de Nicolas Douchez nua, ensanguentada e com o corpo cheio de hematomas.
27.10.17

Nicolas Douchez, guarda-redes de 37 anos, que joga atualmente no Lens, foi esta quinta-feira detido em Paris por ter agredido violentamente a namorada.

De acordo com o jornal francês Le Parisien, as autoridades dirigiram-se à residência de Douchez, durante a madrugada, e encontraram a mulher, de 28 anos, nua, ensanguentada e com o corpo cheio de hematomas. Segundo os agentes que tomaram conta da ocorrência, a namorada do ex-jogador chorava compulsivamente e Douchez estava visivelmente embriagado.

A mulher terá adiantado que tudo começou à saída de um restaurante. O jogador terá feito uma cena de ciúmes e atirou-lhe a cabeça contra a parede e contra o chão.

Douchez joga atualmente no Lens, equipa da segunda divisão francesa, mas já representou o PSG e chegou a ser convocado pela seleção francesa.

Entretanto, o Lens tomou posição pública, através de um comunicado, ao assumir ter conhecimento da situação, mas ressalvando que "não podia comentar eventos que, a confirmarem-se, terão ocorrido num ambiente estritamente privado e fora do clube".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!