Ex-presidente do IPDJ realizou despesas ilegais de 11,5 ME - Tribunal de Contas

29.05.14
  • partilhe
  • 0
  • +

O ex-presidente do Instituto do Desporto e da Juventude Luís Sardinha realizou "despesas ilegais" superiores a 11,5 milhões de euros entre 2009 e 2011, aponta uma auditoria do Tribunal de Contas hoje divulgada.

"Da análise dos processos que suportam as faturas em dívida, relativas à aquisição de bens e serviços, conclui-se que no período de 2009 a 2011, foram realizadas despesas ilegais no montante de 11.580.956,50 euros pelo ex-presidente [do IPDJ] Luís Fernando Cordeiro Bettencourt Sardinha, em incumprimento dos regimes de realização de despesas públicas e/ou da contratação pública", indica o relatório do TdC.

O tribunal detetou que o IPDJ, sob a presidência de Luís Sardinha, assumiu encargos "sem informação prévia de cabimento", classificou de forma inadequada a despesa e não pediu parecer prévio na celebração/renovação de contratos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
2 Comentários
  • De Abiliozinho29.05.14
    Nao te vai acontecer nada, ultrapassas te os 10 milhoes que e o minimo exigido pelo estado para ilibar qualquer um..mas se fores ao continente e roubares uma lata de atum para comeres , ai nao tens hipoteses sao 2 anos..
    Responder
     
     0
    !
  • De tojornais29.05.14
    O que vai acontecer a este incompetente. Será preso e devolve o que desviou. Sim porque não é roubo até ser provado, coisa impossível de concretizar pelos juizes amigos do peito. A vergonha do costume e fica inpune.
    Responder
     
     1
    !