Sub-categorias

Notícia

Falta de culpados pelas violações de direitos humanos em Moçambique criticada por ONG

Por Lusa|13.01.18
  • partilhe
  • 1
  • +

O diretor executivo da Human Rights Watch (HRW) defende que Moçambique vai continuar a viver em "incerteza e medo", enquanto não forem apontados os responsáveis pelas violações aos direitos humanos durante os confrontos militares no centro do país.

"Enquanto continuar a existir casos não resolvidos, sejam os corpos em valas comuns, como os encontrados em Gorongosa, vai haver desconfiança, incerteza e medo", declarou Iain Levine, em entrevista à Lusa.

Num relatório de 65 páginas, intitulado "O Próximo a Morrer: Os Abusos das Forças de Segurança do Estado e da Renamo em Moçambique", a HRW denunciou sexta-feira a existência de dezenas de violações aos direitos humanos perpetradas entre 2015 e 2016 pelas forças governamentais e pela ala armada da oposição, no âmbito do conflito militar que opôs o Governo e a Renamo.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!