Sub-categorias

Notícia

Feira do Livro do Porto encerra com uma quebra de vendas

A 81.ª edição da Feira do Livro do Porto encerrou no domingo com uma quebra de vendas entre os cinco e os dez por cento em relação ao ano anterior.

13.06.11
  • partilhe
  • 0
  • +
Feira do Livro do Porto encerra com uma quebra de vendas
Avelino Soares sublinhou que "o que conta, de facto, é a satisfação dos participantes" Foto Arquivo CM

"Pelas conversas que tivemos, pensamos que houve um pequeno decréscimo que pode rondar os cinco, dez por cento do volume de vendas", disse o director do evento.

Avelino Soares assumiu que, apesar de não haver dados oficiais, a percepção da organização é que neste ano o público em geral não comprou tantos livros como no ano anterior.

"As sacas não iam tão cheias", garantiu, indicando que a informação que recebeu dos stands foi díspar. Poucos disseram que cresceram, alguns admitiram que decresceram e outros mantiveram os números da edição de 2010. 

Apesar disso, o director faz um balanço "muito bom" da Feira do Livro do Porto. "O que conta, de facto, é a satisfação dos participantes e a afluência e o público acorreu em número que ultrapassou o do ano anterior", revelou, apontando o bom tempo, “durante os 18 dias não houve nenhum perigo de chuva" - como o motivo pelo qual houve "muita gente" no evento. 

Com o balanço deste ano ainda sem completar, o director da Feira do Livro já está a pensar no ano seguinte, com a edição de 2012 a ter outra vez como palco a Praça da Liberdade. "Achamos que pode haver outros locais, mas no próximo ano é quase garantido que será no mesmo sítio", concluiu.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!