Fernando Gomes diz que vice-presidência da UEFA é "reconhecimento" a Portugal

Presidente da FPF fica responsável pela pasta do relacionamento com os clubes.
05.04.17
  • partilhe
  • 0
  • +
O presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), Fernando Gomes, esta quarta-feira nomeado para uma das vice-presidências da UEFA, assumiu que esta escolha é um "reconhecimento" da importância do país na modalidade.

"Enquadro a minha função na UEFA representado pela minha própria pessoa, mas acima de tudo na representação de Portugal e o que tem conseguido nas instâncias internacionais. Não só eu, mas a participação de várias pessoas ao mais alto nível nas decisões da UEFA e FIFA. É o reconhecimento de Portugal como um 'player' extremamente importante nas definições quanto ao futuro competições e própria organização", disse, ao site da federação.

Fernando Gomes, que foi escolhido pelo líder da UEFA, o esloveno Aleksander Ceferin, será um dos quatro vice-presidentes do organismo, que secundam um primeiro vice-presidente, o número dois do esloveno, ficando o português com a pasta do relacionamento com os clubes, função que vem desempenhando desde 2015.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!