Sub-categorias

Notícia

Fundão: muito mais do que cerejas

Localidade entre as Serras da Estrela e da Gardunha merece uma visita atenta.
Por Alexandre Salgueiro|18.10.16
Nos dias que correm, a imagem do Fundão está intimamente ligada à cereja cultivada em centenas de pomares que cercam a cidade e que todos os anos atraem dezenas de milhar de turistas à região. Mas há muito mais para ver, experimentar, saborear e sentir numa localidade que vem crescendo há milénios entre as serras da Estrela e da Gardunha.

As primeiras referências escritas ao Fundão datam de documentos do início do século XIV, mas existem vestígios de construções que os arqueólogos estimam terem mais de sete mil anos nos arredores da cidade. Ainda assim, é a partir da alta Idade Média que o povoado começa a crescer e são dessa época os monumentos mais antigos da cidade ainda preservados e abertos aos visitantes, como as igrejas da Misericórdia ou de São Martinho, ou as capelas de Nossa Senhora do Seixo, Santo António, São Francisco, Calvário ou Espírito Santo, para citar apenas alguns exemplos, construídas entre os séculos XIV e XVII.

O Centro Histórico, de resto, é um bem conservado testemunho da passagem dos séculos onde, além da rua da Cale, a mais antiga artéria comercial da cidade, podem ser admirados vários palacetes e casas brasonadas construídas entre os séculos XVI e XIX.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cm ao Minuto

Paulo Fonte

Passos perdido

Pedro Passos Coelho andava com esta cisma engatilhada e debaixo da língua há 36 anos.

Luís Campos Ferreira

O jeitinho de Costa

O Costa é aquele a quem não compraríamos um carro em segunda mão.

José Carlos Martins

Dívida oculta

O volume de horas extras em dívida com os enfermeiros é de 519 574.

Ricardo Rio

Boa moeda

Nuno Crato vê reconhecido o sucesso das políticas encetadas.

Francisco José Viegas

Blog

Vai uma grande barulheira em redor dos resultados do inquérito PISA 2015.

pub