Furto em Tancos abre debate no Parlamento

PSD e CDS-PP requereram o debate de atualidade na sequência de uma entrevista de Azeredo Lopes.
18.09.17
  • partilhe
  • 0
  • +
O parlamento debate esta segunda-feira o furto de material de guerra do paiol de Tancos por iniciativa do PSD e do CDS-PP, que esperam respostas do ministro da Defesa sobre o que se passou naquela base militar em junho.

PSD e CDS-PP requereram o debate de atualidade, designado "o alegado furto no paiol de Tancos", na sequência de uma entrevista em que Azeredo Lopes se referiu à falta de provas visuais, testemunhais ou confissão e admitiu que "no limite" pode não ter havido qualquer roubo.

"No limite, pode não ter havido furto nenhum. Como não temos prova visual nem testemunhal, nem confissão, por absurdo podemos admitir que o material já não existisse e que tivesse sido anunciado... e isto não pode acontecer", disse.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!