Sub-categorias

Notícia

‘Geração à Rasca’: Sócrates compreende frustração dos jovens

O primeiro-ministro José Sócrates disse esta sexta-feira compreender que os jovens se manifestem e "exprimam a sua frustração", mas garantiu que este Governo está a defender os seus interesses, adoptando "políticas de modernidade" e "para o futuro".
12.03.11
  • partilhe
  • 0
  • +
‘Geração à Rasca’: Sócrates compreende frustração dos jovens
"Compreendo que se manifestem e que exprimam tantas vezes a sua frustração. Sou o primeiro a reconhecer isso", diz Sócrates Foto Lusa

"Compreendo muito bem as ansiedades e os problemas dos jovens, compreendo muito bem", disse Sócrates, ao comentar, no final de uma reunião de líderes da Zona Euro, concluída já na madrugada deste sábado em Bruxelas, o protesto "geração à rasca" convocado para este sábado, em várias cidades de Portugal.  

O primeiro-ministro assegurou que o Governo está a fazer "o seu melhor" para responder aos problemas dos jovens, cuja frustração todavia diz entender.

"Compreendo que se manifestem e que exprimam tantas vezes a sua frustração. Sou o primeiro a reconhecer isso: o acesso dos jovens ao mercado de trabalho não é aquilo que nos desejaríamos. Mas isso faz-se actuando e defendendo o nosso País, e foi isso que nos fizemos aqui esta noite", na reunião de Bruxelas, sustentou.  

Sócrates enunciou ainda uma série de medidas tomadas ao longo dos últimos seis anos, desde que é primeiro-ministro, e que classificou como "política de modernidade" e de "defesa dos jovens", tais como "a lei mais justa na interrupção voluntária da gravidez", "a lei da paridade, para que mais mulheres tenham acesso à vida política", a iniciativa legislativa no campo do divórcio litigioso ou "a lei que permite em Portugal o casamento entre pessoas do  mesmo sexo".  

“É assim que se constrói uma política de modernidade e uma política para o futuro", disse.  

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

pub