Godinho Lopes quer condenação solidária de Bruno de Carvalho

Jaime Marta Soares e Bacelar Gouveia também forma mencionados no âmbito de um processo por comportamentos difamatórios.
02.07.18
A defesa do antigo presidente do Sporting Godinho Lopes reclamou esta segunda-feira em tribunal uma condenação solidária a Bruno de Carvalho, Jaime Marta Soares e Bacelar Gouveia no âmbito de um processo por comportamentos difamatórios.

Nas alegações finais do julgamento que opõe Luís Godinho Lopes a responsáveis da direção que lhe sucedeu no Sporting, liderada por Bruno de Carvalho, a defesa considerou provadas as acusações de atentado ao bom nome, referindo que "os direitos de personalidade do réu foram violados".

O advogado considerou que a auditoria, que acabou por estar na base da expulsão de sócio de Godinho Lopes, "tinha o objetivo de encontrar culpas" e não foi feita de forma correta, "inviabilizando mesmo o contacto com os visados".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!