Governo da Madeira acusa Estado de não apoiar ligações marítimas com o continente

"É lamentável que tenham que ser os contribuintes da Região Autónoma da Madeira a financiar aquilo que devia ser assumido pelo Estado", disse Miguel Albuquerque.
Por Lusa|02.07.18
  • partilhe
  • 2
  • +
O presidente do Governo Regional, Miguel Albuquerque, disse esta segunda-feira que a ligação marítima Madeira-Portimão é mais um compromisso cumprido pelo seu executivo e lamentou que o Estado português não apoie a linha marítima.

"Só lamentamos que um país como o nosso, que tem na sua dimensão arquipelágica a sua projeção atlântica e uma das plataformas continentais maiores do mundo, são 3.700.000 quilómetros quadrados, não assuma, como o Estado espanhol o faz, a ligação marítima de passageiros e carga como um dos vetores estratégicos fundamentais do país", declarou o governante na cerimónia de inauguração da viagem Madeira-Portimão.

Para Miguel Albuquerque, "é lamentável que tenham que ser os contribuintes da Região Autónoma da Madeira a financiar aquilo que devia ser assumido pelo Estado, que são as ligações marítimas às suas ilhas".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!