Governo diz que proposta da Comissão "é um progresso" e quer continuar a negociar

Orçamento plurianual para 2021-2027 prevê para Portugal cerca de 21,2 mil milhões de euros, um corte de 7% face ao quadro atual.
Por Lusa|29.05.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O Governo português assinalou esta terça-feira que o orçamento proposto pela Comissão Europeia para a política de coesão para Portugal "é um progresso" face ao valor inicial e quer "continuar a contribuir construtivamente" nas negociações, disse o chefe da diplomacia.

"Esta proposta representa um progresso. O trabalho construtivo com a Comissão Europeia permitiu chegar a um progresso face a um ponto de partida que considerámos um mau começo para esta negociação", disse hoje Augusto Santos Silva, falando no Ministério dos Negócios Estrangeiros, em Lisboa, após a apresentação da Comissão Europeia da proposta para o próximo quadro financeiro plurianual (2021-2027).

A proposta de orçamento plurianual da Comissão Europeia para 2021-2027 prevê para Portugal cerca de 21,2 mil milhões de euros ao abrigo da política de coesão, o que representa um corte de 7% face ao quadro atual.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!