Governo quer continuar a baixar teor de açúcar, sal e gorduras nos alimentos

Objetivo é conseguir diminuir o consumo dos mesmos de forma significativa durante os próximos três anos.
Por Lusa|01.06.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O Governo quer continuar a reduzir a quantidade de açúcar nas bebidas e está a trabalhar para diminuir em vários alimentos açúcar, sal e gorduras, nos próximos três anos, "de forma inovadora, faseada e original na Europa".

A garantia, sem dar mais pormenores, é do gabinete do secretário de Estado da Saúde, Fernando Araújo, numa declaração à Lusa a propósito do recuo da Organização Mundial de Saúde (OMS) no apelo que fizera para os governos aumentarem os impostos sobre as bebidas açucaradas.

Em 2016 a OMS apelou às nações para taxarem as bebidas refrigerantes e energéticas para combater a obesidade e a diabetes, estimando que um aumento de 20% no preço iria conter o consumo.

Esta sexta-feira a organização recuou e disse que cada país tem de tomar a sua própria decisão.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!