Greve dos enfermeiros mantém adesão, com aumento em Bragança e na Madeira

Profissionais exigem a conclusão da negociação do Acordo Coletivo de Trabalho e pretendem que seja criada uma carreira especial de enfermagem que integre a categoria de enfermeiro especialista.
13.08.18
  • partilhe
  • 1
  • +
A greve de cinco dias dos enfermeiros, que começou às 00h00 desta segunda-feira, tem esta tarde uma adesão idêntica à da manhã, com aumentos em Bragança e na Madeira, disse à Lusa fonte sindical.

José Correia Azevedo, dirigente da Federação Nacional dos Sindicatos de Enfermeiros (FENSE), disse que os níveis de adesão durante a tarde não diferem muito dos registados durante a manhã, quando a adesão a nível nacional oscilava entre os 83 e os 96%, segundo os números dos sindicatos.

Em termos de maior adesão apenas em Bragança e na Madeira, especificou José Carreia Azevedo, houve durante a tarde um aumento de 1% nos níveis de adesão.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!