Guterres sobre Annan: “Ele era a ONU. Liderou-a com dignidade sem paralelo”

Ex-secretário-geral morreu num hospital da Suíça, onde estava internado. Tinha 80 anos.
Por Francisco J. Gonçalves|19.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Morreu este sábado, aos 80 anos, Kofi Annan, o homem que para muitos melhor simbolizou o espírito de paz e concórdia da ONU. O ex-secretário-geral da organização faleceu em Berna, Suíça, após uma doença contraída em julho, quando regressava da África do Sul, onde participou nas comemorações do aniversário do nascimento de Nelson Mandela.

"Em muitos aspetos ele era a ONU. Liderou-a com uma dignidade sem paralelo", afirmou o atual secretário-geral da ONU, António Guterres.

Nascido em Kumasi, no Gana, em 1938, estudou Economia e Gestão nos EUA e subiu na hierarquia da ONU a pulso. Liderou missões de paz e chefiou o Alto Comissariado para os Refugiados (1980-1983). Foi Nobel da Paz em 2001, pelos esforços de reforma da organização. Exerceu dois mandatos como secretário-geral, entre 1997 e 2006.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!