Helicóptero silencioso fecha aeroporto em Espanha

Aeronave com russos, sem comunicações, não tinha plano de voo.
Por João Tavares|20.05.18
O helicóptero de registo português, com dois ocupantes russos, voava a baixa altitude em direção a Lisboa, após sair de Toledo, Espanha. Sem plano de voo, a aeronave foi intercetada por dois caças F-16. Apesar da insistência dos pilotos e controladores aéreos, nunca houve qualquer resposta. Um cenário que obrigou, por precaução, à suspensão por 15 minutos de aterragens e descolagens no Aeroporto Humberto Delgado.

"A aeronave cruzou a fronteira e não tinha qualquer plano de voo. Também nunca houve qualquer comunicação, pelo que fizemos levantar dois caças F-16 de Monte Real", explicou ao CM o tenente-coronel Costa, porta-voz da Força Aérea, referindo-se ao incidente do passado dia 5 e ontem divulgado pela agência Lusa. "Apesar da insistência, eles mantiveram-se em silêncio. Acabámos por escoltar a aeronave até ao seu destino", conta o responsável.

A aeronave acabou por aterrar num heliporto em Algés, altura em que o caso foi alertado às autoridades. "Os ocupantes terão sido identificados pela PSP, bem como o operador, e o caso deverá agora ser comunicado à Autoridade Nacional de Aviação Civil", disse ao CM fonte oficial deste organismo, adiantando ainda que houve uma clara violação das regras no ar.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!