Homem espera doze dias para ser operado no centro hospitalar da Covilhã

Teve acidente de moto e viu cirurgia ser adiada por duas vezes.
Por Alexandre Salgueiro|30.08.18
Luís Leitão, de 56 anos, está revoltado com a forma como diz estar a ser tratado pelo Centro Hospitalar Cova da Beira, na cidade da Covilhã.

O operário de construção civil foi vítima de uma queda de moto no passado dia 23 e diagnosticado com uma luxação no braço direito que implica uma cirurgia.

Mas, uma semana depois do acidente, Luís continua à espera de uma operação que já foi adiada duas vezes.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!