Homem mata mulher, filha e netos autistas em massacre na Austrália

Autoridades classificam crime como o pior massacre no país nos últimos 22 anos.
12.05.18
Os corpos de três adultos e quatro crianças foram encontrados na passada sexta-feira, após terem sido atingidos a tiro, numa propriedade rural em Osmington, na Austrália.

Entre as vítimas, todas elas da mesma família, estão quatro crianças autistas, com idades compreendidas entre os oito e os 13 anos, a mãe, Katrina Cockman, bem como os avós destes. As autoridades australianas estão a classificar este crime como o massacre mais grave dos últimos 22 anos naquele país e acreditam ter-se tratado de um homicídio seguido de suicídio.

As principais suspeitas recaem sobre Peter Miles, o avô das crianças, pai de Katrina, marido de Cynda Miles e proprietário da fazenda rural. A polícia descobriu três armas de fogo no local que pertenciam ao homem de 61 anos, que comprou a propriedade rural com a mulher em 2014. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!