Sub-categorias

Notícia

Hospitais de Coimbra querem reduzir o risco de AVC com intervenção sofisticada

Por Lusa|13.10.17
  • partilhe
  • 0
  • +

A Unidade de Intervenção Cardiovascular do Hospital dos Covões, em Coimbra, pretende aumentar nos próximos anos o número de intervenções de encerramento do apêndice auricular esquerdo como solução para baixar o risco de acidentes cardiovasculares cerebrais (AVC).

"Estamos a falar de uma intervenção bastante sofisticada, que se integra na estratégica de promover a elevada diferenciação dos procedimentos e da oferta de tratamentos e diagnósticos aos doentes, e que tem sempre à frente a primazia da qualidade", disse à agência Lusa Lino Gonçalves, diretor do serviço de cardiologia daquele hospital integrado no Centro Hospitalar e Universitário de Coimbra (CHUC).

O AVC é um problema de saúde pública "gravíssimo", que é a primeira causa de incapacidade prolongada dos doentes em Portugal, sendo que mais de 20% dos casos "tem uma relação direta com a fibrilhação auricular", explicaram os médicos Lino Gonçalves e Marco Costa.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cm ao Minuto

pub