Incêndio em loja em Guimarães causa destruição

Centro Comercial foi fechado ao público durante combate ao fogo.
Por Fátima Vilaça|28.08.18
Um curto-circuito poderá estar na origem do incêndio que esta segunda-feira de manhã destruiu, em poucos minutos, todo o recheio de uma loja de brindes para festas, no interior do Centro Comercial Passerelle, na vila de Taipas, concelho de Guimarães. O proprietário calcula que os prejuízos ultrapassem os cinco mil euros. 
Incêndio obriga à evacuação de centro comercial em Caldas das Taipas


"Ainda estamos em choque com o estado em que a loja ficou e não tivemos sequer tempo de fazer cálculos reais, mas só no material de som que estava armazenado na arrecadação investimos mais de cinco mil euros", disse. As contas foram feitas, ainda que por alto, por Ezequiel Lopo, dono da Companhia da Mariposa, que há dois anos está instalada no primeiro andar do Centro Comercial Passerelle. Ontem, pelas 09h30, um comerciante apercebeu-se do fumo que saía da loja de brindes para festas e organização de eventos e alertou as autoridades.

Apesar da resposta imediata, os bombeiros de Taipas já não conseguiram evitar a destruição total do recheio. "Fizemos ataque direto às chamas, ainda na arrecadação, mas as altas temperaturas e o fumo acabaram por causar a destruição do restante material bastante inflamável", explicou ao CM Rafael Silva, comandante dos bombeiros de Taipas.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!