Fogo destruiu seis mil hectares em Cantanhede sem danos pessoais

Governo decretou três dias de luto nacional, entre terça-feira e quinta-feira.
Por Lusa|18.10.17

O incêndio florestal que eclodiu domingo na Figueira da Foz e se estendeu a Cantanhede, no distrito de Coimbra, queimou seis mil hectares de floresta, mas não provocou danos pessoais, disse a presidente da Câmara.

"Não termos tido vidas em perigo foi o nosso grande conforto. Temi muito pior, mas felizmente não aconteceu nenhuma desgraça", disse hoje à agência Lusa Helena Teodósio, presidente da Câmara de Cantanhede.

A autarca, que no domingo esteve várias horas na praia da Tocha, povoação que ficou isolada pelas chamas, assinalou ainda a preocupação com o parque de campismo local (que foi evacuado) e uma urbanização adjacente com casas revestidas a madeira, salvos por ação de bombeiros, populares e dos serviços camarários.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!