Indemnização imediata para vítimas de legionella

Reclamadas compensações para as 403 vítimas de surto ocorrido há mais de três anos.
Por João Saramago|04.02.18
O presidente da câmara de Vila Franca de Xira defende que o Estado deve ter o mesmo entendimento para com as as vítimas de legionella que teve para com as vítimas dos incêndios do último ano. Para Alberto Mesquita, "tem de haver também para com estas vítimas uma situação de ajuda. É o mínimo que podemos fazer".

Este sábado, o autarca participou na abertura da sede da Associação de Vítimas de Legionella, no Forte da Casa. A associação reclama "que se faça justiça", disse o seu presidente, Joaquim Ramos. "Mais de três anos depois do surto é inadmissível que nada tenha sido feito por nós", acrescentou.

Vila Franca de Xira sofreu o terceiro maior surto do Mundo, que ocorreu em novembro de 2014. Houve 403 pessoas diagnosticadas com a bactéria. das quais 14 morreram. Nenhuma foi até agora indemnizada.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!