Jaime Marta Soares diz que não abriu nenhum processo eleitoral

Presidente demissionário considerou "uma ilegalidade" o processo eleitoral que está a ser liderado pela Comissão Transitória de MAG.
Por Lusa|07.06.18
O presidente demissionário da Mesa da Assembleia Geral do Sporting, Jaime Marta Soares, considerou esta quinta-feira "uma ilegalidade" o processo eleitoral que está a ser liderado pela Comissão Transitória de MAG, nomeada pela direção de Bruno de Carvalho.

"Eu não abri nenhum ato eleitoral, e não podia receber candidaturas, porque só eu é que, efetivamente, tenho competência para isso. Não vou comentar ilegalidades", disse Jaime Marta Soares à agência Lusa.

Esta quinta-feira, a Comissão Transitória da Mesa da Assembleia Geral (CTMAG) anunciou a receção de documentação de uma candidatura às eleições para a Mesa da Assembleia Geral e Conselho Fiscal e Disciplinar.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!