Sub-categorias

Notícia

Jerusalém: Lavrov considera "blasfémia" equiparar civis mortos a terroristas

Por Lusa|16.05.18
  • partilhe
  • 1
  • +

O ministro dos Negócios Estrangeiros russo, Serguei Lavrov, considerou hoje "uma blasfémia" equiparar a "terroristas" as dezenas de manifestantes pacíficos palestinianos mortos na Faixa de Gaza por militares israelitas.

"Não posso estar de acordo com o facto de se classificar dezenas de civis pacíficos, nomeadamente crianças, incluindo bebés, que foram mortos nesses incidentes, como terroristas. É uma declaração blasfema, destinada a evitar uma discussão séria sobre os problemas que assolam a região do Médio Oriente", declarou Lavrov em conferência de imprensa.

Na terça-feira, a embaixadora de Israel na Bélgica, Simona Frankel, declarou que as vítimas na Faixa de Gaza eram "terroristas", assegurando que a reação do exército israelita não tinha sido desproporcionada.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!