Shiva N’Zigou revela que a mãe foi morta para que a sua carreira descolasse

Antigo avançado gabonês conta ainda que mentiu sobre a idade e que teve relações sexuais com a irmã e a tia.
22.08.18
Shiva N’Zigou, antigo avançado do Gabão, que jogou cinco temporadas em França e chegou a ser internacional pelo seu país, fez perturbadoras revelações que estão a causar muita revolta. Agora seguidor da Igreja Evangélica, N’Zigou quis confessar-se à comunidade e contou que a sua mãe foi mortalmente sacrificada para que a sua carreira descolasse.

"A minha mãe morreu e devo confessar que foi sacrificada. Assinei muitos contratos, trouxe muito dinheiro para casa mas o meu pai queria ficar com tudo. Disse-me que ia matar a minha mãe. Eu recusei e ele fê-lo na mesma. Decidiu sacrificar a minha mãe para que o seu espírito pudesse ajudar-me na minha carreira futebolística", admitiu.

O pai contou-lhe que teria sido o próprio N'Zigou a pedir-lhe o sacrifício em sonhos. "Eu recusei mas infelizmente foi feito. Peço perdão. Eu queria confessar."

As revelações chocantes não ficaram por aqui. Shiva N’Zigou reconheceu que no início da carreira mentiu sobre a idade. "Tenho mais 5 anos. Menti sobre a idade quando fomos para França", contou o antigo jogador, que chegou a vestir a cores do Nantes e do Reims. Shiva era conhecido por ser o jogador mais jovem a marcar numa Taça Africana, com 16 anos, quando na realidade tinha 21...



pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!