Jornalista cobre tiroteio e descobre que filho é o atirador

Jovem de 15 anos matou dois colegas a tiro e feriu dezenas de pessoas na escola.
29.01.18
Uma jornalista, chamada a cobrir um tiroteio numa escola, apercebeu-se, ao chegar ao local, que o atirador era o seu filho. 

O caso aconteceu no Kentucky, nos EUA, quando um rapaz de 15 anos matou dois colegas e feriu dezenas de outros na escola Marshal County. A mãe, Mary Garrison Minyard, é repórter num jornal da região e dirigiu-se ao local para cobrir o crime. 

Ao chegar à escola, acabou por ter de dar o caso a outra colega jornalista, apercebendo-se que o filho tinha sido detido pelas autoridades. 

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!