Leiria adere a projeto que pretende combater lixo marinho com drones

Iniciativa científica de combate à poluição marítima inicia-se em outubro.
Por Lusa|24.08.18
  • partilhe
  • 1
  • +
O uso de drones para deteção, busca e inspeção autónoma de lixo marinho em áreas costeiras vai ser utilizado pela Câmara de Leiria, no âmbito de um projeto científico de combate à poluição marítima e que se inicia em outubro.

O Município de Leiria aderiu ao projeto "UAS4LITTER", financiado pela Fundação para a Ciência e Tecnologia, que está a ser desenvolvido por investigadores dos centros de investigação do INESC Coimbra, UC-MARE e NOVA.ID_MARE, um dos quais pertencente à Divisão de Planeamento, Ordenamento e Estratégia Territorial do Município de Leiria.

Em nota de imprensa, a autarquia liderada por Raul Castro explica que o projeto tem como principal objetivo o desenvolvimento de um sistema integrado de baixo custo (software e hardware), baseado em drones, para o mapeamento de lixo marinho.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!