Lesados do Banif querem criar fundo de recuperação de créditos à revelia da CMVM

Por Lusa|10.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +

A Associação de Lesados do Banif (ALBOA) anunciou hoje querer criar de imediato um fundo de recuperação de créditos à revelia da decisão da CMVM - Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), anunciada há duas semanas no parlamento.

"Decidimos iniciar a constituição de um fundo de recuperação de créditos à revelia das declarações da CMVM", afirmou o presidente da ALBOA, Jacinto Silva, numa conferência de imprensa em Lisboa.

Há duas semanas, a 27 de junho, na comissão parlamentar de Orçamento e Finanças, a presidente da CMVM, Gabriela Figueiredo Dias, disse aos deputados que a investigação da instituição a que preside concluiu não ter havido irregularidade generalizada ('misselling' generalizado) na venda de produtos do Banif aos lesados e que, por isso, não podiam aceder ao fundo de recuperação de créditos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!