PJ investiga 'vice' de Angola no Google

Autoridades associaram empresa que pagou a magistrado ao ex-governante angolano e à Sonangol.
Por Débora Carvalho|29.05.18
A Polícia Judiciária chegou ao nome de Manuel Vicente, o ex-vice-presidente de Angola que está acusado de corromper um magistrado português, através de uma pesquisa no Google.

O inspetor da PJ Bruno Miguel explicou esta segunda-feira em tribunal que associou a empresa que pagou a Orlando Figueira [Primagest] ao angolano e à Sonangol através da consulta de "fontes abertas", nomeadamente pelas notícias.

Depois da quebra do sigilo bancário, a PJ procurou saber quem estava por detrás da empresa responsável pelas transferências. Segundo a pesquisa, a empresa angolana Primagest estaria ligada à Sonangol, a petrolífera angolana que foi presidida por Manuel Vicente.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!