Madeira critica "falta de força" do estado sobre constrangimentos da TAP

Pedro Calado, vice-presidente do governo, comentou cancelamentos e atrasos das viagens da TAP para a ilha.
Por Lusa|03.07.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O vice-presidente do Governo da Madeira criticou esta terça-feira a "falta de força" e o "silêncio" do Estado e dos deputados socialistas da região para resolver os constrangimentos causados pelos cancelamentos e atrasos das viagens da TAP para a ilha.

"Entendemos as questões e razões operacionais que as companhias todas têm. Neste momento, a única coisa que não conseguimos entender e gostaríamos que fosse corrigido rapidamente é o envolvimento que o Estado português está a ter nesta matéria", disse Pedro Calado.

O governante censurava os sucessivos cancelamentos e atrasos nos voos de e para a Madeira pela TAP, que justifica os constrangimentos com o argumento de "razões operacionais".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!