Sub-categorias

Notícia

Madeira já reduziu em mais de mil ME a dívida pública regional

Miguel Albuquerque diz que a dívida madeirense é inferior à nacional.
11.01.17
  • partilhe
  • 0
  • +
Madeira já reduziu em mais de mil ME a dívida pública regional
O presidente do Governo Regional da Madeira, Miguel Albuquerque Foto Gregório Cunha/Sábado 
O presidente do Governo da Madeira, Miguel Albuquerque, afirmou esta quarta-feira que a Região conseguiu amortizar mais de mil milhões de euros da sua dívida pública, sublinhando que esta é inferior à registada a nível nacional.

"Neste momento já amortizámos, desde a intervenção [Programa de Ajustamento Económico e Financeiro da Madeira] 1.013 milhões de euros da dívida regional", disse o governante madeirense, numa conferência promovida por duas sociedades de advogados, subordinada ao tema "Orçamento de Estado 2017 e a nova tributação do património".

Miguel Albuquerque argumentou que agora "ninguém fala em Lisboa que a Madeira é a grande devedora, porque a Região tem uma ratio de dívida pública inferior à nacional", apontando que a dívida do país é de 133% do PIB (Produto Interno Bruto) e a do arquipélago se situa em 111%.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!

Mais notícias

Mais notícias de Cm ao Minuto

Editoriais

Falha imperdoável

Duas semanas antes do início da fase Charlie houve um alerta meteorológico para condições extremas e atípicas, propícias à propagação de fogos.

Fernanda Cachão

A época de incêndios

Os burocratas, decretaram que a fase mais crítica dos fogos em Portugal tem um calendário, e a tutela não os quis contrariar.

Colunistas

Equívoco pontual?

Foi o momento para confirmar a desconsideração do poder político pelo judicial.

Manuel Maria Rodrigues

Mais do mesmo

A mediocridade política também produz resultados a médio/longo prazo.

Mário Nogueira

Carreira docente

O governo pretende apagar os quase 10 anos cumpridos mas não contados.

Francisco José Viegas

Blog

É um estado de guerra e de dor no país. 36 mortos.

pub