Mãe de Maëlys diz que "homicida está a dizer mentiras"

Autópsia revela morte violenta de menina de nove anos.
Por Magali Pinto|28.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Há precisamente um ano, Maëlys de Araújo, uma menina lusodescendente de nove anos, desaparecia sem deixar rasto durante um casamento em Pont-du-Beauvoisin, em França. Foi encontrada morta, meses depois, após o homicida confessar o crime, mas sem especificar os motivos.

Os pais da criança reviveram agora a noite do desaparecimento. "Toda a gente estava feliz. Por volta das três da manhã, tudo acabou e se transformou num pesadelo", lamentou a mãe, Jennifer Cleyet Marrel . A mãe chegou mesmo a questionar Nordahl Lelandais, o homicida, se tinha visto a menina, ao que o ex-militar respondeu negativamente.

"Foi premeditado", acusa Jennifer. "Ele talvez não soubesse quem ia levar, mas acho que ele calculou muito bem o que fez , e ele levou a nossa filha usando a sua confiança porque ela gostava de animais", disse a mãe.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!