Mais de 2600 morrem à espera de cirurgia

Tribunal de Contas diz que houve uma degradação do acesso dos utentes a consultas da especialidade hospitalar e à cirurgia programada.
Por Sónia Trigueirão|18.10.17
Em 2016, um total de 2605 inscrições na lista de espera para cirurgia foram canceladas devido ao óbito dos doentes, dos quais 231 tinham cancro. Os dados são de uma auditoria do Tribunal de Contas (TdC), que revela que, em vez de melhorar, o acesso a consultas e a cirurgias nos hospitais do Serviço Nacional de Saúde (SNS) piorou nos últimos três anos.

De acordo com o mesmo documento, entre 2014 e 2016, os doentes foram obrigados a aguardar mais tempo por primeiras consultas de especialidade e por cirurgias programadas nos hospitais públicos.

No final do ano passado, a lista de espera por uma cirurgia cresceu 15 por cento. Ou seja, mais 27 mil utentes em espera e mais de um quarto dos doentes oncológicos estavam à espera de ser operados além do tempo máximo de resposta previsto na lei.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!
Comentário mais votadoEscreva o seu comentário
  • De  Anónimo 18.10.17
    O verdadeiro cego é aquele que não quer ver. O maravilhoso serviço nacional de saúde deixa morrer 2600 pessoas. Para quando a tomada de consciência da sua inutilidade?
2 Comentários
  • De maisquetudo18.10.17
    Se acham que Pedrógão e o último domingo são uma tragédia pelo numero de mortos, esperem para ver o dia em que se faz uma auditoria à Saúde e aí verão o que está a acontecer nos hospitais e demais serviços. Nos hospitais acontecem tragédias diárias, só que aí supostamente está-se doente e morre-se.
    Responder
     
     0
    !
  • De  Anónimo 18.10.17
    O verdadeiro cego é aquele que não quer ver. O maravilhoso serviço nacional de saúde deixa morrer 2600 pessoas. Para quando a tomada de consciência da sua inutilidade?
    Responder
     
     0
    !