Malta e Itália recusam entrada de embarcação de ONG espanhola com 60 migrantes

Por Lusa|30.06.18
  • partilhe
  • 0
  • +

A organização não-governamental (ONG) espanhola Proactiva resgatou hoje 60 migrantes no Mediterrâneo e espera autorização para desembarcar as pessoas, depois de Itália e Malta terem reafirmado a sua recusa em acolher mais embarcações.

Hoje de manhã, em águas internacionais foram resgatados 60 cidadãos, incluindo uma criança de nove anos, da Palestina, Sudão do Sul, Mali, Síria, Burkina Faso, Costa do Marfim, Eritreia, Egito, República Centro africana, Etiópia, Líbia, Bangladesh e Guiné.

Laura Lanuza, porta-voz da ONG, explicou que uma das embarcações envolvida no resgate contactou os centros de coordenação de salvamento de Itália e de Malta, que recusaram o desembarque, pelo que se manteve o contacto com Espanha para que seja indicado um porto seguro.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!