Manifestação de professores junta milhares em Lisboa

Fenprof avança estimativa de 50 mil pessoas, mas Marquês de Pombal não chegou a encher.
Por Bernardo Esteves|20.05.18
A praça Marquês de Pombal não encheu, como pediram os sindicatos, mas estiveram dezenas de milhares de professores na manifestação de ontem em Lisboa. Segundo Mário Nogueira, líder da Fenprof, foram "mais de 50 mil" , estimativa avançada com a ajuda da PSP, mas que parece muito inflacionada.

De fora de Lisboa vieram 201 autocarros, que transportaram cerca de 10 mil pessoas, e no total terão estado no protesto mais de 20 mil pessoas.

Os professores exigem a contagem dos 9 anos, 4 meses e 2 dias em que a carreira esteve congelada. O CM falou com vários professores que perdem entre 300 a 800 euros por mês no salário por estarem posicionados em escalões muito abaixo do que deveriam estar. Foi aprovada uma resolução a exigir a contagem deste tempo, sob pena de os docentes avançarem para novas formas de luta.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!