Marcelo pede combate pela dignidade humana contra as intolerâncias

Por Lusa|11.10.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, fez um discurso de apelo ao combate pelo respeito pela dignidade humana, que apontou como "uma linha vermelha que não pode ser riscada", em tempos de intolerâncias e egoísmos.

No encerramento de um ciclo de conferências intitulado "Futuros Globais" que assinalou os 50 anos da Universidade Católica Portuguesa, nas instalações desta instituição, em Lisboa, o chefe de Estado considerou que se vive uma fase "muito ingrata" no plano internacional, com "um regresso às angústias de há cem anos".

"Que fique claro que o respeito da dignidade da pessoa humana é uma linha vermelha que não pode ser riscada nem beliscada. Mas, atenção, a pessoa humana que valoramos é uma pessoa concreta, de carne e osso, não é uma cómoda abstração, álibi para a indiferença e para a inação", afirmou.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!