Marta Soares trava AG pedida por Bruno de Carvalho

Líder da Mesa da Assembleia Geral diz que pedido de reunião extraordinária não cumpria os estatutos do clube.
Por Mário Figueiredo|02.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +
Jaime Marta Soares indeferiu esta quarta-feira o pedido para a realização de uma assembleia geral extraordinária, apresentada por um conjunto de sócios que visava a validação de todas as candidaturas às eleições do Sporting, inclusivamente a do ex-presidente Bruno de Carvalho, que se encontra suspenso preventivamente.

"Indeferi o pedido de realização de uma assembleia geral extraordinária porque este não respeitava os estatutos", disse o presidente da Mesa da AG, negando a possibilidade de Bruno de Carvalho e Carlos Vieira, dirigentes que foram destituídos e que estão suspensos preventivamente do clube, de se candidatarem ao sufrágio de 8 de setembro.

As assinaturas para a convocação da reunião magna extraordinária foram entregues a Jaime Marta Soares em 27 de julho, dois dias após o presidente da Mesa da Assembleia Geral se ter recusado a recebê-las, alegando questões processuais.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!