Mata filha para impedir que seja raptada por extraterrestres

Mulher norte-americana decidiu salvar a criança enviando-a "para o céu".
Por Daniela Espírito Santo|01.08.17

Uma mãe decidiu matar a sua filha de seis anos com uma 'shotgun' para assegurar que esta não era raptada por extraterrestres.

O caso aconteceu na Virgínia, EUA, em fevereiro e a mulher confessou tudo à polícia. O seu depoimento foi, esta semana, tornado público.

Um jornal local teve acesso aos documentos do julgamento e adianta que a mãe, acusada de homicídio, garante que o seu intuito era o de "enviar a menina para o céu para a proteger dos extraterrestres". 

Para além da acusação de homicídio, a mulher de 27 anos foi também acusada de utilização indevida de arma de fogo e posse de droga ilícita.

Os advogados da homicida pediram para que o seu depoimento fosse anulado, uma vez que a mulher parece não estar na posse de todas as suas faculdades mentais e diz ter "extraterrestres dentro do corpo, que têm de ser removidos pelo estômago".



pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!