Milan Kundera regressa à ficção ao fim de 14 anos com "A Festa da Insignificância"

Por Lusa|08.10.14
  • partilhe
  • 0
  • +

O novo romance de Milan Kundera, "A Festa da Insignificância", é editado na próxima terça-feira, colocando fim a 14 anos sem a publicação de qualquer novo título de ficção, anunciou hoje a editora.

O romance foi traduzido pela escritora Inês Pedrosa, a partir do francês, língua em que Kundera o escreveu. Nascido na ex-Checoslováquia há 85 anos, Kundera fixou-se em França, como exilado, em 1975, tendo adquirido a nacionalidade francesa em 1981, e tem optado pela língua de Molière e de Balzac desde "A Lentidão" ("La Lenteur"), publicado em 1989.

"A Identidade" ("L'Identité"), de 1998, e "Ignorância" ("L'Ignorance"), de 2000, são outros romances redigidos originalmente em francês, à semelhança dos volumes de ensaio "A cortina" ("Le Rideau", 2005) e "Um encontro" ("Une rencontre", 2009).

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!