MP pede 25 anos de prisão para jovem acusado de executar rival em Coimbra

Suspeito é acusado de matar com 14 tiros um homem à porta de uma discoteca, em 2017.
Por Lusa|11.05.18
  • partilhe
  • 0
  • +

O Ministério Público (MP) pediu esta sexta-feira uma pena de 25 anos de prisão para um jovem acusado de matar com 14 tiros um homem à porta de uma discoteca de Coimbra, em 2017.

Na sessão de alegações finais do julgamento, no Tribunal de Coimbra, a magistrada do MP defendeu como adequada a pena máxima para o arguido, atualmente com 22 anos, mas o advogado deste considerou que tal punição "é exagerada".

"O senhor quis matar" Ismael Soares, disse, frisando que o atirador quis também "ofender corporalmente" a namorada da vítima mortal do incidente, Élida, antiga dirigente da Associação de Estudantes Cabo-Verdianos da Universidade de Coimbra.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!