Ministro diz que papel das Forças Armadas será complementar no combate aos fogos

Azeredo Lopes disse que enviaria o Plano de Implementação Nacional da Cooperação Estruturada Permanente na Defesa europeia.
Por Lusa|16.01.18
  • partilhe
  • 0
  • +
O ministro da Defesa Nacional, Azeredo Lopes, sustentou esta terça-feira que as Forças Armadas terão sempre um "papel complementar" nas missões de interesse público, como o combate aos incêndios, devendo reforçar as capacidades existentes.

"As capacidades de planeamento das Forças Armadas vão ser chamadas a dar um contributo sempre complementar, sempre subordinado à dimensão civil", disse Azeredo Lopes.

O ministro falava numa audição na comissão parlamentar de Defesa Nacional. Antes, numa parte da audição que decorreu à porta fechada, Azeredo Lopes disse aos deputados que enviaria ao parlamento o Plano de Implementação Nacional da Cooperação Estruturada Permanente na Defesa europeia, que ficará sujeito a confidencialidade.

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!