Moradores de Monchique queixam-se de violência exercida pela GNR

Um dos habitantes afirma que foi agredido nos braços e costas.
Por Lusa|11.08.18
Carlos Inácio diz que foi algemado e agredido por militares da GNR. Em localidades evacuadas devido ao fogo de Monchique, repetem-se histórias de excesso de força por parte dos guardas.

Carlos Inácio afirma ter sido agredido por militares da GNR e aponta para uma nódoa negra no braço esquerdo. José Luís diz que os militares, em Alferce, queriam mandar a população para uma estrada que estava a arder.

Maria da Ascensão Neves, do Peso, nem teve tempo de levar o telemóvel consigo para avisar os filhos.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!