Sub-categorias

Notícia

Morreu a escritora Natália Nunes

Romancista tinha 96 anos. Era víuva do poeta António Gedeão.
Por Lusa|13.02.18

A escritora Natália Nunes, autora dos romances "Regresso ao Caos" e "Assembleia de Mulheres", morreu esta terça-feira, na Ericeira, aos 96 anos, disse sua filha à agência Lusa.

Nascida em Lisboa, a 18 de novembro de 1921, destacou-se nas letras, através de romances como "Autobiografia de Uma Mulher Romântica" e "Vénus turbulenta", mas também como dramaturga e ensaísta, e construiu uma das mais vastas obras, como contista, na literatura portuguesa, com títulos como "Ao Menos um Hipopótamo", "As Velhas Senhoras", "Louca por Sapatos".

Resistente antifascista, durante os anos de ditadura, membro da direção da Sociedade Portuguesa de Escritores, encerrada pela PIDE, polícia política do regime, em 1965, era "considerada unanimemente uma das jovens mais bonitas da capital", como a definiu o seu marido, o escritor e pedagogo Rómulo de Carvalho (1906-1997), conhecido poeta António Gedeão.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!