Morreu José Augusto Rocha, o advogado dos presos políticos durante o Estado Novo

Advogado morreu no Hospital do SAMS, em Lisboa, onde estava internado.
Por Lusa|12.07.18
O advogado José Augusto Rocha, que defendeu presos políticos durante o Estado Novo, morreu na madrugada desta quinta-feira no Hospital do SAMS, em Lisboa, onde estava internado, disse fonte próxima da família.

José Augusto Rocha foi condecorado no passado mês de dezembro pelo Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, que lhe atribuiu o grau de grande-oficial da Ordem da Liberdade.

Licenciado pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, José Augusto Rocha, 79 anos, foi diretor da Associação Académica de Coimbra e chegou a ser expulso de todas as escolas nacionais, por dois anos, na crise académica de 1962, por decisão do Senado da Universidade de Coimbra. Na altura, foi acusado de ter realizado o 1.º Encontro Nacional de Estudantes, apesar da proibição do ministro da Educação Nacional.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!