Morreu músico expulso de avião em Faro por mau odor corporal

Suchilin sofria de uma doença infecciosa que o levou à morte.
Por João Mira Godinho|26.06.18
O homem que forçou a aterragem no aeroporto de Faro, de um avião que fazia a ligação entre as ilhas Canárias e a Holanda, e foi expulso da aeronave devido ao mau cheiro corporal, no final de maio, morreu no hospital da capital algarvia.

Andrey Suchilin, músico russo, de 58 anos, sofria de necrose dos tecidos (uma condição que provoca a morte de células - e consequente mau odor) na sequência de uma infeção contraída durante as férias nas ilhas espanholas.

Ainda nas Canárias foram-lhe prescritos antibióticos mas, depois de deixado em Faro, a 29 de maio, a situação clínica deteriorou-se e foi internado no hospital, no dia seguinte, entrando em coma. Ao longo do último mês foi sujeito a diversas cirurgias mas a necrose nunca foi controlada nem a origem da infeção descoberta.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!