Morte misteriosa de casal britânico leva à evacuação de hotel no Egito

Centenas de turistas foram retirados do resort na cidade costeira de Hurghada.
27.08.18
  • partilhe
  • 0
  • +

Mais de 300 turistas foram retirados do hotel Steigenberger Aqua Magic, em Hurghada, no Egito, depois da morte repentina de um casal de turistas britânico que estava hospedado no resort, na passada terça-feira.

John Cooper e a esposa Susan morreram subitamente quando passavam férias com a filha e os três netos. Na manhã de terça-feira, John sentiu-se mal e terá morrido de forma repentina, no quarto de hotel. Cinco horas depois, a mulher também não se sentia bem e foi levada para o hospital onde acabou por morrer.

O hotel egípcio fala em causas naturais, no entanto sintomas de intoxicação de outros hóspedes levaram à evacuação das instalações. De acordo com o New York Times, parte dos turistas regressaram ao Reino Unido enquanto outros terão procurado diferentes hotéis na região.

Sendo ainda desconhecido o resultado da autópsia do casal, a filha de John e Susan, em declarações à SkyNews, garante que a morte é misteriosa dado que os pais estavam de boa saúde na noite de segunda-feira e horas depois mostravam-se "gravemente doentes e a precisar de assistência médica".

A ministra do turismo no Egito já prestou declarações públicas garantindo que os dados iniciais apontam para morte natural, no entanto o caso continua a ser investigado.

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!