Mosca da fruta prefere acasalar a dormir

Estudo da Universidade do Minho ajuda a compreender o comportamento básico do cérebro humano.
Por Lusa|16.03.18
Um estudo da Universidade do Minho concluiu que a mosca da fruta "na hora de escolher" prefere acasalar a dormir, salientando que aquele animal tem sido importante para perceber o funcionamento básico do cérebro humano, anunciou esta sexta-feira aquela academia.

Em comunicado enviado à agência Lusa, na data em que se assinala o Dia Mundial do Sono, a Universidade do Minho explica que a investigação do cientista do Instituto de Investigação em Ciências da Vida e Saúde (ICVS) Daniel Machado identificou "um circuito neuronal" que "intensifica a vontade de acasalamento, secundarizando uma das principais necessidades vitais, dormir".

Segundo aquela investigação, desenvolvida em parceria com a Universidade Thomas Jefferson, nos Estados Unidos da América, "as principais características do sono também estão conservadas neste animal", a Drosophila melanogaster, que, segundo a UMinho "tem sido um importante modelo para perceber o funcionamento básico do cérebro humano".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!