Mossack Fonseca entre doadores da campanha do Presidente do Panamá

Sociedade de advogados está no centro do escândalo "Papéis do Panamá".
Por Lusa|11.02.17
  • partilhe
  • 0
  • +

Empresas de Mossack Fonseca, no centro do escândalo "Papéis do Panamá", bancos e telefónicas aparecem numa lista parcial, divulgada na sexta-feira, de doadores da campanha de 2014 que levou à eleição do Presidente panamiano, Juan Carlos Varela.

Juan Carlos Varela publicou na sexta-feira uma cópia autenticada pelo Tribunal Eleitoral (TE) da lista de contribuições privadas que recebeu durante a campanha -- que ascendem a 9,73 milhões de dólares.

O chefe de Estado esclareceu, através da sua conta na rede social Twitter, que o relatório do TE vai até 21 de fevereiro de 2014, indicando que, até à próxima segunda-feira, irá receber a "informação completa", até junho de 2014, para "publicação imediata".

pub

pub

Ver todos os comentários
Para comentar tem de ser utilizador registado, se já é faça
Caso ainda não o seja, clique no link e registe-se em 30 segundos. Participe, a sua opinião é importante!